sábado, 25 de janeiro de 2014

OS CINCO LIVROS MAIS DEPRESSIVOS DO MUNDO

 Olá pessoal! Hoje estava fazendo umas compras no Submarino e reparei uma coisa, sabe quando aparecem os livros indicados para você? Pois bem, fiquei meio preocupada comigo mesma, pois os livros mais indicados para mim eram livros que eu considero depressivos (e por sinal eu já li todos eles). Fiquei pensando comigo mesma, por que eu lia esse tipo de livro?  Por que eu me dava o trabalho de ler uma coisa que me deixaria para baixo? O porque eu não sei, o fato é que a maioria dos leitores contemporâneos gosta de romances onde muitas vezes o personagem principal morre ou tem um de seus membros amputados! (kkk  nem sempre precisam ter membros amputados, se o personagem tiver algum problema que o faça sofrer já basta). Talvez o fato de lermos romances depressivos seja porque nossas vidas são tão monótonas e felizes que precisamos de um motivo para chorar de vez em quando.
  Sendo assim reuni aqui uma lista com os 5 livros mais depressivos que já li, farei um pequeno resumo deles, espero que gostem.

  1º A Culpa É Das Estrelas


Quem não conhece o novo queridinho dos leitores? Amores ou ódio a parte, a questão é que o livro está sendo um sucesso de vendas em todo o mundo, e é sem dúvidas um dos livros mais deprimentes que já li.
 O querido Tio João Verde (John Green) conseguiu arrancar lágrimas de milhares de teens por esse mundo afora, com seus personagens moribundos Hazel e Augustus que enfrentam uma triste jornada na luta contra o câncer (a doença pioneira nos livros), esta odisseia emocionante deprime qualquer um que tente ler e se quiser se aventurar por essas páginas marcadas com lágrimas de tristeza, melhor ter seu comprimido de fluoxetina ao lado, só pra garantir.



2º UM DIA

Já havia falado sobre este livro no post anterior, ele é chato e cansativo, mas convenhamos que a história em si é depressão pura. Quem não conseguir ler o livro até o fim, tem o filme também que na minha opinião é mais interessante.
A história fala de um jovem casal, Emma e Dexter, que se apaixonam mas decidem seguir caminhos diferentes.O caso é que Dexter sofre o livro inteiro com suas escolhas pra vida, ele se separa, sofre de todas as formas e quando finalmente consegue reencontrar a sua amada Emma, o destino filho de uma prostituta dá sua ultima cartada para deprimir de vez o pobre Dexter.


3ºA Menina que Roubava Livros


Este livro é muito especial pra mim, apesar de ser um dos que mais me fez chorar. Quem nunca se encantou com a história da jovem Liesel que em meio a guerra e o regime nazista, encontra um amor incondicional por livros e faz deles sua companhia em meio à um mundo de desordem e guerras. O decorrer da história se torna emocionante, é difícil não conter as lágrimas com uma história tão comovente como essa. A menina que roubava livros é com certeza um livro para "cortar os pulsos".


4º  A Lição Final



A Lição Final é um livro que não considero um romance, é a história real de Randy Pausch, um homem que sofreu de câncer (olha a doença mais badalada ai de novo). No decorrer do livro, Randy fala como a doença afetou sua vida e os meios que ele utilizou para superá-la para viver o máximo de tempo com seus filhos e esposa. O autor do livro fez palestras motivacionais por toda a América, incentivando pessoas com a mesma doença a quererem viver melhor. Não sei se Randy já faleceu, acho bem provável que sim, já que seu câncer estava em fase terminal quando o livro foi publicado.
 Nada como uma história real para fazer o público derramar lágrimas!

5º Um Amor para Recordar 

Um amor para recordar, o nome já dá uma dica do que está por vir. Tanto filme como livro me fizeram chorar como uma criança bobinha. A história de Landon e Jamie, dois jovens completamente diferentes que em meio a um desfecho de romance e fé, encontram nos braços um do outro o verdadeiro amor, só que como nada nessa vida é perfeito, havia um impasse que impedia Landon de ter o seu "felizes para sempre" com a bela Jamie, a tímida e devota Jamie sofria de uma doença que os impediria do lindo final, não darei dicas de qual doença estamos falando,a queridinha dos escritores. Em meio a muito sofrimento e muita demonstração de fé, Jamie e Landon conseguem enfim o seu "felizes para sempre", mesmo que por pouco tempo. 

Bom, essa foi a lista dos livros mais deprimentes do mundo. Quais foram os seus livros mais deprimentes?
 Deixem seu comentário!

Bjos, Amanda.  




2 comentários:

  1. Excelente post.
    Um livro que acho muito deprimente e que merecia ser citado é o Dom Casmurro, do mestre Machado de Assis. Além de ter criado uma das maiores polêmicas do país, com um estilo único de narrativa, Machado conquistou o amor e ódio de muitos leitores.
    Continuem com a qualidade excepcional dos posts!
    Um abraço, Henrique.

    http://cadernetaviva.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  2. Henrique não havia me lembrado dele! Ótimo livro, e na minha opinião Capitu não traiu ele, o cara que era esquizofrênico. Bjoss

    ResponderExcluir